FANDOM


A Nevasca
A Novasca
Episódio de Oz
Título Original Blizzard of '01
Número #37
Data Original 4 de fevereiro de 2001
Tema Neve
Direção Leslie Libman
Autor Tom Fontana
Elenco Elenco
Anterior Cortes de Faca
Próximo A Descida de Orfeu

A Nevasca (título original: "Blizzard of '01") é o quinto episódio da segunda parte da quarta temporada de Oz e o trigésimo sétimo episódio no total.

SinopseEditar

Sem usar mais a droga de envelhecimento, Cyril O'Reily começa a voltar ao normal. Gloria Nathan é informado que está sendo processada pela família de Fred Wick e que a Comissão de Medicina pode tirar sua licença. Ryan O'Reily recebe a visita de Suzanne Fitzgerald, que diz ser sua mãe biológica. O irlandês se descontrola e abandona a senhora, logo depois sendo abandonado por Claire Howell, que tenta seduzir Cyril, sendo atacada pelo mesmo. Sean Murphy, como diretor de Emerald City sugere que Cyril seja transferido para o Instituto Connelly. Ryan tenta falar com o pai, Seamus, que não se importa com a situação. Seamus se descontrola ao ouvir sobre Fitzgerald, dando à Ryan a idéia de que a mulher contou a verdade.

Clayton Hughes recebe a visita de sua mãe, zombando de seu pai. Na Unidade J, Hughes briga com James Robson. John Basil pede à Leo Glynn sua esposa e finalmente a chama para uma visita. Bob Rebadow conta à Agamemnon Busmalis que a Irmã Peter Marie conseguiu uma visita conjugal para ele e Norma Clark, mas ele confessa ser virgem. Norma não vai ao casamento. Samuel Gougeon diz ao padre Ray Mukada que quer se converter ao catolicismo. Ao ver que há uma disputa entre Mukada e Jeremiah Cloutier, Timmy Kirk paga a Robson para espancar Gougeon. O padre acusa Cloutier do ataque. Kirk admite ao reverendo que mandou espancarem Gougeon. Depois de aconselhado por Kareem Said, Mukada decide realizar uma cerimônia ecumênica em Oz.

Vernon Schillinger recebe a visita de sua nora Carrie e lhe conta que Hank foi assassinado. Ela tem a filha em Oz. Tobias Beecher conhece seu novo companheiro de cela, Edward Galson, que prefere ser chamado de "Coronel". Ele participa da sessão de viciados da Irmã Pete, onde não admite ser alcóolatra, sendo chamado de covarde por Beecher, que conhece a advogada Katherine McClain, que lhe diz que ele provavelmente receberá sua condicional. Tobias é zombado pelo Coronel por sua sexualidade e zomba do exército. Eles brigam e Beecher é mandado para a jaula.

Jackson Vahue tem uma sessão com a Irmã Pete, onde diz ser inocente do crime de estupro e nega estar usando drogas. Ela reclama que as drogas de Burr Redding não estão tendo o mesmo efeito. Redding lhe explica que seu organismo se acostumou às drogas e lhe vende uma seringa. Vahue se arrepende, não usa a seringa, e se junta ao grupo de viciados da freira. O homem que tentou matar Alá Supremo, Tug Daniels é mandado para City. Redding começa sua operação de assassinatos, mandando Tug matar Chucky Pancamo, Jia Kenmin matar Enrique Morales e Augustus Hill avisar Omar White no hospital para matar Supremo. Augustus tenta convencer Redding a desistir, mas ele se nega. Aconselhado por Said, Hill denuncia a operação de Burr à Murphy. White falha ao tentar esfaquear Supremo e a SORT impede Kenmin e Daniels de atacar.

No Corredor da Morte, William Giles chora ao saber que deve escolher como morrer. Ele escolhe ser apedrejado à morte. O Estado rejeita a decisão de Giles. Com outra pena de morte por homicídio, Moses Deyell fala com Said sobre Jefferson Keane, dizendo querer doar seus órgãos antes de ser executado. Leroy Tidd começa a converter presos ao islamismo e é pressionado por Robson e Jaz Hoyt. Ele conta a verdade à Said, que lhe diz saber da mentira de Tidd desde o começo. Robson oferece ao novato Carl Jenkins um lugar na Irmandade Ariana caso ele mate Said. O novato tenta fazê-lo, mas Tidd o ataca, sendo esfaqueado em seu lugar.

TriviaEditar

MortesEditar

  • Leroy Tidd foi esfaqueado por Carl Jenkins ao defender Kareem Said

ApresentaçõesEditar

  • Prisioneiro 01G359, Edward Galson. Condenado em 16 de fevereiro de 2001 por estupro e agressão. Pena de 15 anos com direito a condicional em sete.
  • Prisioneiro 01D251, Carlton "Tug" Daniels. Condenado em 20 de fevereiro de 2001 por tentativa de homicídio. Pena de 28 anos com direito a condicional em 14.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.