FANDOM


Peter Schibetta
Peter Schibetta
Temporada(s)
1 | 2 | 3 | 5 | 6
Primeira aparição
Apareceu em
Também conhecido como
Status
Morto
Condenação

19 de maio de 1998 por cinco acusações de extorsão e lavagem de dinheiro. Pena de 35 anos com direito a condicional em 20
Morte
Morto pelos italianos
Aliança
Família
Nino Schibetta (pai), Angie Schibetta (mãe), Antonio Nappa (padrinho), Rosalie Schibetta (esposa), sogra
Interpretado por


Peter Schibetta (prisioneiro 98S112) é um personagem de Oz interpretado por Eddie Malavarca.

BiografiaEditar

Filho do chefe mafioso Nino Schibetta e afilhado de Antonio Nappa, Peter foi preso durante transações da máfia italiana.

Prisioneiro 98S112, Peter Schibetta. Condenado em 19 de maio de 1998 por cinco acusações de extorsão e lavagem de dinheiro. Pena de 35 anos com direito a condicional em 20.

Primeira temporadaEditar

Enquanto seu pai estava preso, Peter passou a cuidar de sua mãe doente. Com a saúde da matriarca Schibetta se deteriorando, Peter foi a Oz aconselhar-se com o pai, que decidiu que sua esposa fosse tratada por um médico judeu. No entanto, Angie acabou morrendo.

Segunda temporadaEditar

Schibetta foi preso e mandado para Emerald City como um dos quatro italianos permitidos após a rebelião do ano anterior. Com a morte de seu pai, Schibetta assumiu a liderança dos italianos e passou a investigar a morte de seu pai, retomando o controle da cozinha ao chantagear o diretor de Oz, Leo Glynn, cujo irmão Mark havia matado um homem para pagar uma dívida com a máfia. No ginásio, Ryan O'Reily contou a Schibetta que Simon Adebisi havia assassinado Nino (na realidade, O'Reily e Adebisi mataram Nino). Após diversos confrontos com Adebisi, Schibetta tentou comprar a morte do líder negro com Miguel Alvarez, que se recusou. Adebisi fez a mesma proposta ao latino, que também negou. Glynn resolveu acabar com a chantagem de Schibetta, convencendo seu irmão a se entregar. Com isso, Glynn removeu os italianos da cozinha. Enquanto isso, Adebisi e Alvarez colocaram veneno de rato na barra de chocolate de Schibetta, que foi mandado para o hospital. O responsável pela investigação do envenenamento, Lenny Burruano, avisa Schibetta que a máfia não está feliz com a administração italiana em Oz. Ao retornar a Emerald City, Schibetta é humilhado pelos outros presos. Na cozinha, Schibetta e Chucky Pancamo tentam atacar Adebisi, mas o nigeriano consegue nocautear Pancamo e estuprar Schibetta, que é novamente mandado para o hospital, de onde é retirado da liderança italiana. Ele delira, pensando que seu pai ainda é vivo.

Terceira temporadaEditar

Um frágil e psicologicamente perturbado Schibetta foi transferido para a psiquiatria. Tempo depois, após a morte de Kipekemie Jara, Adebisi foi transferido para a unidade, protegendo Schibetta de outro preso insano antes de ser transferido de volta para Emerald City.

Quinta temporadaEditar

Dois anos depois, Schibetta volta a Emerald City e à máfia italiana, agora liderada por Pancamo e em guerra com a Irmandade Ariana. Durante um confronto entre as duas gangues no ginásio, Schibetta recusou-se a lutar, deixando o combate. Com Pancamo esfaqueado, Peter decidiu revitalizar a força dos italianos, pedindo, sem sucesso, ajuda a Kareem Said contra os arianos. Zanghi, amigo de infância de Peter, e o resto dos italianos também decidiram não agir contra os arianos, esperando Pancamo deixar o hospital. Sozinho, Peter confrontou Vernon Schillinger, James Robson e outro ariano na oficina, sendo subjugado e estuprado novamente, dessa vez por Schillinger, que passou a ameaçá-lo, exigindo sigilo sobre o ataque. Com isso, Peter decidiu desistir das sessões de terapia com a Irmã Peter Marie. Com Glynn recusando-se a investigar o estupro, a freira convenceu Gloria Nathan, que havia sido estuprada, a conversar com Peter.

Sexta temporadaEditar

Após receber uma informação anônima, Schibetta descobre que Ryan O'Reily participou do assassinato de seu pai em 1997. Ele conta ao irlandês que, com um objeto pessoal de uma pessoa, sua sogra consegue causar a morte da pessoa. Ele diz-se responsável, assim, pela morte de Daniel Meehan, que havia lhe emprestado um terço de orações. Com o pretexto de participar da peça organizada pela mãe de O'Reily, Suzanne Fitzgerald, Schibetta rouba as chaves de Suzanne. Ao saber disso, O'Reily mente a Pancamo e aos italianos, dizendo que Schibetta planeja enfeitiçá-los. A gangue intercepta Schibetta, colocando-o em uma saleta e o matando, arrancando um de seus olhos.

ApariçõesEditar

Peter Schibetta apareceu em 17 episódios de Oz.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.